quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Ideal

O ideal seria eu me aproximar,
o ideal seria alguma coisa cair do céu.
Dias que se passam rápido, noites intermináveis.
Pensamentos sobre a tua posição em relação à minha,
o ideal seria tua imagem brilhar.
A luz do teu sorriso ilumina até hoje.
Pensei em nem sequer te dar um oi,
pensei até em deixar pra lá,
pensei até em não pensar.
Mas foi mais forte, sempre é
vem devagar, a passos largos
há alguns metros de distância lá estava você.
O ideal seria eu me aproximar mais,
o ideal seria ter menos pessoas ao teu redor.
Nem sempre é o ideal,
nem sempre consigo adequar o que não estava programado
O ideal seria não ser programado
espontâneo, um encontro as claras, olho no olho
e saberemos o porquê de tudo isso.
Tempo é algo que aproveito e nem desperdiço com frequência.
Então, não me poupe de nada
fale tudo, mas não o suficiente
para que eu possa descobrir sozinho.

Distante


Fico incrédulo com tamanha crueldade.
Imagino uma esfera que pulsa,
mas que se encontra à anos luz daqui.
Vibrante ela é, negativos passam longe
nem sequer sabem que existe.
Me olhe, pode olhar
não tenho o indicativo de antissociabilidade estampado no rosto.
Distante está a forma com que trata as pessoas sem discriminação.
Essa esfera nos suga e nos deixa mais suscetíveis a bondade.
Pare de pensar, a esfera está muito distante de nós.
por isso siga o teu coração, mesmo que nunca tenha feito isso.